Participantes

Ariane Holzbach

Jornalista, doutora e mestre em comunicação (UFF) com pós-doutorado em História Política (UERJ). Professora de Estudos de Mídia e da Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É autora de “A invenção do videoclipe: a história por trás da consolidação de um gênero audiovisual” (2016) e organizadora, junto com Mayka Castellano, de “TeleVisões: reflexões para além da TV” (2018). Criou o AnimaMídia em 2019 para debater e dar espaço a um dos produtos mais presentes e menos debatidos do universo midiático.

Arthur Fiel

Arthur Fiel é roteirista e Produtor Audiovisual, diretor do curta-metragem animado Dando Asas à Imaginação (2017), realizado com o patrocínio da Secretaria de Cultura do Estado do Rio e Fundação Cesgranrio. É também Doutorando em Comunicação (PPGCom), com tese em desenvolvimento acerca das transformações estético-narrativas dos conteúdos infantis, junto ao grupo AnimaMídia, e Mestre em Cinema e Audiovisual (PPGCine) pela Universidade Federal Fluminense, onde desenvolveu a pesquisa “A Tela Encantada: infância e conteúdo infantil na TV do Brasil”. Para além destes trabalhos, atua como consultor de desenvolvimento de conteúdos destinados à infância e é autor de diversos outros estudos sobre história(s), política(s) e economia do audiovisual infantil brasileiro.

Cheila Pacetti

Turismóloga e graduanda em Estudos de Mídia/UFF. Trabalha com produção de conteúdo nas mídias sociais da Proaes. Adora desenhar e também é apaixonada por desenhos animados. Interesse em compreender os processos narrativos e como a cultura é abordada nas animações.

Geovanny Santos

Geovanny Luz dos Anjos Santos, 26 anos Graduado em letras pela UFF, mestre em Literatura brasileira pela UFRJ. Atua como professor em escolas da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Jackeline Costa

Publicitária e mestranda em Comunicação pela UFF. Sua pesquisa dedica-se a compreender as relações interseccionais como raça, classe e gênero dentro dos desenhos animados brasileiro

Joana Nantes

Joana d’Arc de Nantes é doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É mestre em Comunicação e se graduou em Produção Cultural e Estudos de Mídia pela mesma instituição. Atualmente, está desenvolvendo sua tese sobre a história social das telenovelas infantis e infantojuvenis latino-americanas. Outras áreas de pesquisa são estudos culturais, recepção, televisão, cultura fã, dentre outros temas. Profissionalmente, atua na idealização e produção de festivais de cinema, cineclubes, apresentações teatrais, exposições e projetos de arte-educação e acessibilidade. No presente, é pesquisadora associada ao TeleVisões (UFF) e ao Nemacs (UFF).

Joelton Barbosa

Jornalista, mestre em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Cariri (UFCA) e Doutorando em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Desenvolve pesquisas na área de estudos televisivos, voltado ao consumo e a recepção midiática por crianças e adolescentes com foco em narrativas seriadas.

Júlia Santana

Júlia Alves Santana é graduanda em Letras-Inglês (UFF). Interessada por estudos da tradução e linguística. Amante de desenhos animados e pesquisa as relações entre animação, dublagem e língua. Atualmente é pesquisadora bolsista sobre o consumo de Youtube por adolescentes.

Lumárya Sousa

Lumárya Sousa é jornalista e doutoranda em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Coordena o projeto de pesquisa aplicada Mídias na Escola e se interessa pela interface Comunicação e Educação, além de estudos da infância. Sua pesquisa atual busca construir indicadores de avaliação de políticas públicas para a área da educação midiática.

Marco Bittencourt

Marco Bittencourt é graduando em em Estudos de Mídia e Técnico em Roteiro para Mídias Digitais pelo CE José Leite Lopes (NAVE). Seus interesses de pesquisa são animações, literatura infantojuvenil, adolescência e saúde mental.

Natália Dantas

Graduanda em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal Fluminense, assessora de mídias sociais na empresa Estúdio SYNC e membro da empresa júnior Opção Consultoria, atuando na área de marketing. Para além dessas atividades, participa do grupo de pesquisa Animamídia.

Paula Gonçalves

Paula Gonçalves é graduanda em Estudos de Mídia pela Universidade Federal Fluminense. Tem interesse em estudos de animação, performance, interação com o público e comportamento.

Pedro Alves

Pedro Alves é formado em Cinema e Audiovisual e mestrando em Comunicação, ambos pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Sua pesquisa atual inclui uma análise de obras de horror direcionadas ao público infanto-juvenil, a representação da infância no audiovisual e os desdobramentos entre cinema e educação.

Rodrigo Quinan

Rodrigo Quinan é mestre e doutorando em comunicação pelo PPGCOM/UFF. Sua pesquisa se dedica a teorias da conspiração, crise epistemológica e ficção seriada televisiva.

Vernihu Pereira

Bacharel em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelota. Natural de Sorocaba , escolheu Pelotas como segunda casa. Suas áreas de pesquisa são focadas em telejornalismo e em jornalismo literário, além de interesse por temas culturais e esportivos. Autor do livro “Transformo-me com Histórias”, produto de seu TCC que foi um projeto experimental onde, de forma orgânica, entrevistas foram feitas para serem transformadas em reportagens escritas sob as teorias do jornalismo literário.

Wagner Dornelles

É formado em Jornalismo, atua desde 2008 em movimentos sociais. Atualmente é doutorando do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM-UFF) – na área de Mídia, Cultura e Produção de Sentido, numa pesquisa voltada à espectatorialidade infantil nas periferias. Além disso, realizou o mestrado na mesma instituição com uma pesquisa em torno da representação negra nas animações. Pós-graduado em comunicação empresarial e, atualmente, graduando em Letras, também pela UFF. Mantém como centro de interesse debates em torno das tensões entre as diferentes concepções de infância e mídia.